Episódio #57: Mulheres Badass dos Animes

Episódio #57: Mulheres Badass dos Animes
Personagens

 
 
00:00 / 1:10:50
 
1X
 

Fala pessoal, já está no ar o mais novo episódio do Gasha Podcast e dessa vez falaremos das mulheres que na nossa opinião chutam a bunda de qualquer protagonista em suas respectivas séries. Junte-se a João, Roberto e Arthur enquanto os três listam suas personagens favoritas e entenda a diferença entre ser uma badass de verdade ou apenas ter um design massavéio.

Badass Comentadas no Episódio (Algumas)

Kurisu Makise

Kurisu Makise

Makie Otono-Tachibana

Makie Otono-Tachibana

Revy

Revy

Yusuke - Persona 4

Conhece nossa Playlist???

Temos uma playlist especial no Spotify, cheia de músicas da LiZA selecionadas com carinho pelo Otaking, chega mais…

Você conhece o grupo dos ouvintes?

Você sabia que o Gasha tem um grupo dos ouvintes no Telegram, acessa lá, só tem fera, tem até grupo de RPG da galera. Para entrar é só clicar no botão aqui embaixo…

Pra finalizar…

Que tal entrar em contato com a gente? Vai lá, manda uma mensagem que a gente lê no programa.

https://gasha.com.br/contato/
Yare Yare Daze…

3 comentários em “Episódio #57: Mulheres Badass dos Animes”

  1. Oi Gasheiros, serei muito breve. Só gostaria de deixar mais algumas aqui. Mestra Genkai do Yu Yu Hakusho, Bishamon de Noragami e a Morgiana de Magi.

    Ps: Arthur a Rachel é a melhor personagem de Tower of god depois do Rak nosso jacaré da Lacoste.

  2. Bom dia compatriotas estou aqui hoje para reclamar, definir e recomendar, bem padrão hehehe:

    Arthur, essa “Adaptação” da obra para o anime é a única forma que a maioria esmagadora do pessoal por ai recebe a obra… Pessoas que não leram a obra original e vão pegar um produto que carece de fidelidade sobre a visão do autor (eu, até hoje, acho tokyo ghoul bem merda e qualquer coisa, o que aqueles que lêm o manga discordam), esse é um dos motivos que até a atlus (Responsável pela serie persona) quer que tenha o sufixo mesmo na dublagem do game para que, mesmo em outro idioma, não perca os detalhes pela “adaptação” para uma outra língua.

    “Adaptar” um contudo pode sim ser uma censura, não é preciso ter uma barra preta na tela para saber que a discursão terminou com “Isso ai vai dar merda, melhor arrumar”.

    Eu não consigo mais… Pessoal fala shounen e seinen quando querem… eu não estou falando que Jojo tá mirando no genero (se é que tem um), estou a dizer que ele tá mirando em um publico mais adulto do que no começo.

    Você não sabe o que eu já li de yaoi, meu queri apreciador de lolis… por recomendação de umas amiguinhas que eu conheci pelo yuri, eu fui forçado a dar uma chance… Se alguém conhece uma mina que passou da 2° parte de jojo, pode perguntar…
    Isso é tão evidente mas a maioria das pessoas não se importa e nem reconhece, tanto que já até começaram com “Não devem fazer sexualização de homem também”, sempre nesse preset de: Isso vai influenciar a mente das pessoas. Até é possível mas, até ai, qualquer coisa pode influenciar uma mente fraca ou de uma criança (Motivo que eu não acho nem bacana ter tanta violencia nos shounens…).

    Recomendo que deem uma olhada: https://genderinanime.tumblr.com/post/104514810632/jojs-bizarre-adventure

    João… Meu rapaz… Mas da onde foi que o sr tirou essa definição de Badass?? Pensei que tinhas parado de beber whisky durante as gravações hehehe .

    Definição (“pop”, no mundo do entretenimento):

    “Badass é sobre ações e habilidade, mas também, sobre sentimento (feeling) e atitude. Um personagem que faz o que for preciso, não importa o que custar, que não aceita a derrota, que é calmo e inabalável em frente ao perigo, focado e, geralmente, altamente habilidoso, que segue as próprias regras. O Badass é aquele personagem que quando aparece, você sabe que verá resultados.”.

    Informação adicional: “Se lembra da regra de ouro da escrita: ‘Mostre, não diga’? Isso é vital quando o assunto é Badassery, se o autor disser para nós que alguém é badass mas não nós mostra isso, então apenas não ira funcionar. Igualmente, tem muito boasting…” (boasting seria algo como um ponto “negativo”: se achar de mais, ser orgulhoso, etc) “…que os badass podem se dar bem. Confiança e arrogância são aceitáveis, mas é uma fina linha. Tentar de mais, definitivamente, não é badass”.

    O texto estava em inglês, caso minha tradução não esteja nos conformes, perdoai. Se for possível, deixarei o site para quem quiser se aprofundar mais sobre:

    http://fantasy-faction.com/2015/what-makes-a-good-badass

    Ser um Badass não é só a soma de alguns fatores, é a soma de muitos fatores combinados no equilíbrio dentro da personalidade do personagem, qualquer deslize e passa de ser um personagem “fodão” para um personagem forçado.

    Protagonista masculino no kakegurui?? Tô sabendo disso não hehehehehe. Em 24 eps esse arrombado deve ter aparecido umas 6 vezes e a maior parte ele só observa… faz um comentario… e já era vai pro limbo de novo.

    Algumas personagens que acho honesto citar (Não me segurando nos animes):

    sarah connor
    Trish – DMC
    Yozuru Kagenui – monogatari
    Bayonetta
    Trinity

    Ps: Deixe-me recomendar um manga de yaoi (mais pra shounen-ai), ele é um pouco antiguinho e quase ninguem conhece, mas é bem bacana “Full moon ni sasayaite” (No nosso pais ele recebeu o nome de: Full moon – sussurros sob a lua cheia), eu li ele a mó tempo, foi uns dos primeiros que li e o único que tenho físico.

    Ps2: Por alguns segundos eu realmente achei que não iriam colocar a Revy… Já tava preparando o comentário hehehe

    Ps do Ps: Full moon não tem anime, é sobre vampiros e tem uma comédia bacana.

    Tenham uma boa noite, queridos Compatriotas.

  3. Gasha news excelente pauta! Saindo da zona de conforto e provando o valor desse programa quinzenal sobre cultura popular de anime.

    Torço pra terem pulado o comentário do Suco que ler algo depois desse livro é até deseducado. Eu terminaria o programa por desmotivação se tivesse gravando.

    Bom, vamos ao que interessa. Canso de comentar positivamente sobre os programas mas dessa vez eu acho que faltou algumas coisas.

    Princesa Mononoke merecia um lugar nessa lista
    Chiyoko Fujiwara de Millennium Actress
    Haruko de Roujin Z (mesmo criador de Akira)
    Alita de Battle Angel
    Michiko de Michiko no Hatchin (ambientação latina, obrigatório pra nós brasileiro)

    O palestrinha falou da Yumeko e eu devo concordar que ela não é imprudente. A historia tá no começo/meio mas o autor já teve o cuidado de apresentar um personagem imprudente que a Yumeko odeia pra justamente diferenciar ela dos demais, então não casa o perfil.

    Última coisa, não temos ninguém cobrindo o melhor anime novo da temporada? Beastars

    Abraços

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas