Episódio #9: Resenha – Fullmetal Alchemist Live Action

Fala pessoal, já está o mais novo episódio do Gasha! Podcast.

Neste episódio discutimos a adaptação Live Action do clássico Fullmetal Alchemist.

Um aviso importante, o episódio está dividido em duas partes, a primeira, 100% spoiler free, onde discutimos os detalhes técnicos da obra e a segunda, com muitos spoilers, focada nas adaptações do roteiro e nas nossas impressões.

Esperamos que gostem do episódio.

Episódio #9: Resenha – Fullmetal Alchemist Live Action
Live Action

 
 
00:00 /
 
1X
 

Fala pessoal,

já está o mais novo episódio do Gasha! Podcast.

Neste episódio discutimos a adaptação Live Action do clássico Fullmetal Alchemist.

Um aviso importante, o episódio está dividido em duas partes, a primeira, 100% spoiler free, onde discutimos os detalhes técnicos da obra e a segunda, com muitos spoilers, focada nas adaptações do roteiro e nas nossas impressões.

Esperamos que gostem do episódio.

Sobre o Filme

  • Onde Assistir – https://www.netflix.com/title/80223731
  • Duração do Filme – 2h14m

Trailer

Conteúdo do Episódio

  • 00:00:00 – Abertura e Recados
  • 00:03:10 – Bloco 1 – Spoiler Free
  • 00:23:28 – Bloco 2 – Início dos Spoilers
  • 00:46:40 – Encerramento

Músicas do Episódio

Abertura – Again

Outras Músicas

Rewrite

Ready Steady Go

Let It Out

Scandal – Shunkan Sentimental

Informações Adicionais

Não esqueçam de acessar as redes sociais do Gasha:

Fique a vontade também para mandar um email em gashapodcast@gmail.com ou deixar um comentário, todos serão lidos no programa.

 

Por João Carlos

Carioca, nerd, viciado em cultura pop. Sofreu bastante influência dos animes da saudosa Rede Manchete. Viciado em animes de porrada (A.K.A. Shounens).

2 respostas em “Episódio #9: Resenha – Fullmetal Alchemist Live Action”

Escutei o cast e não verei o filme. Acho a atuação japonesa fora dos animes muito teatral, e isso me incomoda :/
Sobre os atores: Deveriam colocar atores alemães, já que a história é basicamente a Alemanha nazista com seu fuhrer (Hitler) massacrando os ishvalianos (judeus). Ou é isso que eu vejo quando assisto.

Danrley sendo Danrley, hahahahahahah, não vi e não gostei 🙂

Um adendo, se tiver o Alex Louis Armstrong nos próximos tem que ser o Bolo Yeung com CG, não me importo se ele tem 72 anos, Conde Dookan tá aí para provar que rola sim.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.