Episódio #79 – Comentários e o final de Oregairu

Episódio #79 – Comentários e o final de Oregairu

 
Play/Pause Episode
00:00 / 1:35:40
Rewind 30 Seconds
1X

Fala Galera!
Nesse episódio lemos vários comentários dos nossos queridos ouvintes, os quais são sempre bem-vindos e tratados com carinho. Aproveitamos o episódio para um bate-papo entre Otaking e dois ouvintes, Leandro e Danrley, sobre o final de Oregairu e a obra como um todo.
#Gasha #GashaPodcast #Podcast #PodcastAnime #PodcastManga #Anime #Manga #Oregairu #Sekiro #SangatsunoLion #

Informações sobre Oregairu

Yahari Ore no Seishun Love Comedy wa Machigatteiru. / My Youth Romantic Comedy Is Wrong, As I Expected

  • Obra Original: Novel
    • Volumes: 14 (história principal) + 3 (contos)
    • Capítulos: 163
    • Publicado: 18 de Março de 2011 até 19 de novembro de 2019
    • Autores: Watari, Wataru (história), Ponkan (arte)
    • Vendas: o ultimo número que encontrei, foi de aproximadamente 200mil cópias por volume, ou seja, sucesso absoluto.
  • Anime
    • Yahari Ore no Seishun Love Comedy wa Machigatteiru. / My Teen Romantic Comedy SNAFU
      • Tipo: TV
      • Episódios: 13
      • Estúdio: Brain’s Base
      • Transmitido: Primavera 2013
      • Média de venda de Blu-ray/DVD por volume: 10.519
    • Yahari Ore no Seishun Love Comedy wa Machigatteiru. OVA
      • Tipo: OVA
      • Episódios: 01
      • Estúdio: Brain’s Base
      • Transmitido: Setembro 2013
    • Yahari Ore no Seishun Love Comedy wa Machigatteiru. Zoku / My Teen Romantic Comedy SNAFU TOO!
      • Tipo: TV
      • Episódios: 13
      • Estúdio: feel.
      • Transmitido: Primavera 2015
      • Média de venda de Blu-ray/DVD por volume: 11.082
    • Yahari Ore no Seishun Love Comedy wa Machigatteiru. Zoku OVA
      • Tipo: OVA
      • Episódios: 01
      • Estúdio: feel.
      • Transmitido: Outubro 2016
    • Yahari Ore no Seishun Love Comedy wa Machigatteiru. Kan / My Teen Romantic Comedy SNAFU Climax!
      • Tipo: TV
      • Episódios: 12
      • Estúdio: feel.
      • Transmitido: Verão 2020
      • Média de venda de Blu-ray/DVD por volume: 13.643

Além de todo o conteúdo exposto acima, a obra conta ainda com 02 jogos para o Playstation Vita e 03 séries de mangá, que somados resultam em 32 volumes.

Grupo de Ouvintes no Telegram

https://t.me/GashaPodcast

https://open.spotify.com/show/330mx933pygeTKmxYO7tCF?si=g5HnTVNRRGm3A87085VwiQ
https://open.spotify.com/playlist/7mqtAoiCcKmuFYe7CIIysA?si=Z7IaB6vYS9ejlXB-Cb_8nw

Uma resposta em “Episódio #79 – Comentários e o final de Oregairu”

Bom momento pessoas, voltei. Como sempre, gostei muito do episódio (apesar de que só ouvi a parte dos comentários já que ainda estou parado na segunda temporada de oregairu) e vim só encher o saco de vocês sobre os comentários. Assim, na questão do Haikyuu eu não quis deixar a impressão de que não gosto da história, tanto que no fim reforço que sou fã da obra, o que eu quis passar era que a visão geral de Haikyuu pra alguns me incomoda, sabe? Eu não acho que uma obra só é boa quando inova (eu leio isekai gente, meu deus), inclusive tenho raiva desse papo errado, porém o que me incomoda é a mídia ~especializada~ tratar Haikyuu como se fosse Slam Dunk. Vocês não tem esse tipo de opinião, então minha critica nunca foi direcionada a vocês, e sim ao youtuber/blogueiro que faz a vida nesse meio e manda essa conversa fiada. Haikyuu é uma obra boa e queria que fosse tratada como tal, para que no futuro quem for ver ela não chegue com altas expectativas e se decepcione com o que tem ali. Essa coisa de reescrever a história é um problema a longo prazo porque vai ser ruim pra obra e pra própria comunidade, acho que vocês conseguem entender o porquê. Como eu dei um exemplo com bleach no ultimo comentário, vou usar ele de novo. Bleach foi uma obra que começou muito bem e que começou a ficar enrolado no arco do Hueco Mundo porque o Tite Kubo começou a querer fazer uma história mais voltada pra construção dos personagens principais, e acabou fazendo isso mal já que esse tipo de história nunca foi o forte dele, afinal bleach era o que era pelos momentos de hype, era o Byakuya aparecendo atrás de alguém e passando a peixera no infeliz, o Ichigo com poderzinho novo, um arrancar liberando a Resurrección, ai o que o Tite fez? Desistiu no meio do caminho e só focou na construção do Ichigo. Nessa de tentar ser o que não era, o Kubo deu um tiro no pé porque ele finalmente pode ser criticado por não saber construir bem os seus personagens, e a história INTEIRA de bleach ficou manchada por isso, porque ele tentou algo e falhou miseravelmente. No fim, eu acho besteira dizer que bleach foi algo ruim, nenhum dos antigos big 3 eram ruins, inclusive todos compartilham de erros parecidos, a diferença é que bleach não escondeu tão bem isso quanto os outros. Ai hoje bleach é estigmatizado como uma obra horrível quando na verdade tem uma coisa boa ali, até hoje é uma das melhores obras pra tu apresentar anime pra jovens, ele tem um valor enorme na cultura otaku e o pessoal desmerece demais o que existe ali porque só querem repetir o que todo mundo diz sem refletir o que tão dizendo. No futuro vão fazer o mesmo com black clover, só aguardem. Enfim, é isso, Haikyuu é bem legal, mas não é tudo isso (se vocês viram o final do mangá vão entender minha dor com essa obra), não acho ruim as pessoas gostarem dele, acho ruim colocarem num pedestal. Roberto, pode ler School Rumble sem medo, até hoje eu casco de rir com aquele mangá, meu deus do céu que negócio bom. Fiquem bem, sempre um prazer escutar o podcast de vocês. Se pá é o melhor podcast de anime que tem por aqui, eu vejo muito podcast que é basicamente um pessoal revoltado com a vida cagando regra sobre o que é anime bom ou o que é anime ruim, e chega a ser ofensivo escutar esse tipo de coisa as vezes. Eu sinto que vocês conseguem manter um ar leve e divertido que falta na maioria dos podcasts dessa categoria, sem soar pedante nem nada, então, de novo, obrigado pelo episódio. Abraços!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.