Episódio #12 – Isekai (Animes do Outro Mundo)

Episódio #12 – Isekai (Animes do Outro Mundo)

 
 
00:00 /
 
1X
 

Fala pessoal, já está o mais novo episódio do Gasha! Podcast e neste episódio discutimos a moda do momento, os animes do tipo Isekai, ou animes de Outro Mundo, onde o protagonista é invocado para um mundo de fantasia medieval e precisa descobrir o que está acontecendo.

Esperamos que gostem do episódio.

Conteúdo do Episódio

00:00:00 – Abertura e Comentários
00:09:24 – Bloco 1
00:26:08 – Bloco 2
00:48:25 – Bloco 3
01:03:59 – Encerramento e Recados

Animes Isekai Comentados no Episódio

Imagem do Anime Isekai Konosuba

Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku wo!

Imagem do anime Isekai No Game No Life

No Game No Life

Imagem do Anime Isekai In Another World with my Smartphone

In Another World with my Smartphone

Imagem do Anime Isekai Death March

Death March to the Parallel World Rhapsody

Imagem do Anime Isekai Re:Zero

Re:Zero – Starting Life in Another World

Imagem do Anime Isekai Hataraku

Hataraku Maou-sama! – Não disponível no Brasil

Imagem do Anime Isekai Overlord

Overlord

Imagem do Anime Isekai Youji Senki

Youjo Senki

Recomendação do Episódio

Imagem do Webtoon Tower of God

Tower of God

Músicas do Episódio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Informações Adicionais

16 comentários em “Episódio #12 – Isekai (Animes do Outro Mundo)”

  1. Fala galera do Gasha, cheguei aqui pelo editor (otaku disfarçado que a gente sabe) Nobody, e tô curtindo bastante o cast, e eu sou da vertente que SAO é sim isekai não só ele como vários outros baseados em jogos online, um mundo virtual não deixa de ser um mundo, Digimon é isekai e é um mundo virtual ( mesmo que seja diferente nesse caso), e o fato de os personagens poderem transitar livremente entre os os mundos não tira do gênero vide o anime/mangá que popularizou isekai no ocidente que é Inu Yasha, e tbm GATE Jietai, não tem uma linha estrita que caracteriza uma obra como isekai, assim como outros gêneros vão criando suas próprias peculiaridades com a criação de novas obras. E a série que meio que pavimentou o que veio a ser a base de SAO e os isekais de jogos foi a série .HACK//SIGN. Bom espero ter agregado em algo no cast e animes de “menininha” melhor que battle Shonen.

    • Saudações Carlos!!!

      Primeiramente, muito obrigado pelo comentário e por acompanhar esse nosso “trabalho”, hahaha!
      Sobre questão que você colocou sobre SAO e Digimon serem ou não um Isekai, pode ser discutida de vários pontos de vista, e a ideia de trazermos esse assunto pro programa foi exatamente para discutirmos sobre isso. Porém, acho que apesar de válidas suas justificativas, tanto para SAO quanto para Digimon, tem a questão básica sobre o surgimento do herói nesse outro mundo, em ambos casos citados não se dá através da morte ou invocação, conforme o João comenta no cast. Veja, no programa, estamos apenas aplicando a definição geral de Isekai. Mas concordo, que são ideias que servem de alicerce para o “Isekai Raiz”.
      Espero que continue a nos acompanhar e continue comentando ou mande e-mail pra gente!!!

  2. Fui começar a escutar o podcast e me deparo com esse tema maravilhoso. Que contempla nada mais nada menos do que o melhor anime de todos os tempos que é Isekai wa Smartphone to Tomo ni (o pior de tudo é que eu realmente gosto).

    Agora uma questão: Seria Caverna do Dragão o primeiro isekai?

    • Saudações Danrley!!!

      Primeiramente, muito obrigado pelo comentário e por acompanhar esse nosso “trabalho”, hahaha!
      Não posso mentir, apesar de achar o anime bem previsível, simples e direto, eu também gostei de Isekai wa Smartphone to Tomo ni e acompanhei até o final. O grande problema pra mim é que depois de ver 12 episódios, ver mais do mesmo me deixa desanimado, então, para mim, não fará falta uma 2ª temporada.
      Sobre Caverna do Dragão, acho que podemos considerar sim, um rascunho para os Isekais.
      Grande Abraço e continue nos acompanhando.

    • Sobre Re:zero, eu também gostei muito da obra, como comentei no cast. Mas em melhores de 2016, tenho uma lista de animes que foram tão bons quanto ou melhores que Re:Zero, segue lista:
      Boku dake ga Inai Machi (Erased)
      Boku no Hero Academia
      ReLIFE (1ª Temporada, manga terminou esses dias e fizeram 4 OVAs que adaptam até o final, recomendo demais)
      Shokugeki no Souma: Ni no Sara (2ª Temporada)
      Saiki Kusuo no Ψ-nan (TV) (sim, eu gosto de comedia non-sense)
      Haikyuu!!: Karasuno Koukou VS Shiratorizawa Gakuen Koukou (3ª temporada)

      Caso não tenha visto algum desses, recomendo todos eles.

      Grande abraço!!!

  3. Saudações Danrley!!!

    Primeiramente, muito obrigado pelo comentário e por acompanhar esse nosso “trabalho”, hahaha!
    Não posso mentir, apesar de achar o anime bem previsível, simples e direto, eu também gostei de Isekai wa Smartphone to Tomo ni e acompanhei até o final. O grande problema pra mim é que depois de ver 12 episódios, ver mais do mesmo me deixa desanimado, então, para mim, não fará falta uma 2ª temporada.
    Grande Abraço e continue nos acompanhando.

  4. Cara… Eu gosto bastante desse gênero, mas odeio harém justamente por nao deixar muita brecha para o desenvolvimento de um romance só, eu comecei a gostar mesmo quando vi o anime: re:zero, no game no life e o melhor na minha opinião: youjo senki.

    • Saudações Suco Carozac!

      Exatamente como você disse, normalmente animes com harém não tem desenvolvimento de romance. No caso de Re:Zero, apesar de termos o interesse de outras heroínas no protagonista, fica claro a rota escolhida pelo protagonista (Emilia).
      Sobre o Youjo Senki, será lançado um filme que vai continuar a história do anime. Particularmente, eu achei o anime fantástico, pois é muito diferente do padrão Isekai e traz a tona bons questionamentos. Vamos aguardar informações.

      • Eu estou muito curioso para saber como a história vai se desenrolar do youjo Senki… Ele tem uma história muito boa, bastante questionamentos e um nível de detalhamento absurdo, é realmente muito bom.
        No Re:zero mesmo eu achando a Rem (a garota de cabelo azul) a melhor escolha eu gostei q o protagonista tomou uma escolha inves de acabar como a maioria esmagadora dos harém… “Ainda não posso escolher uma” . E um excelente anime para mim principalmente pela tematemá de voltar no tempo, que eu gosto muito, mas também é muito bom que você sente que ele cada vez mais que a história passa ele fica mais instável emocionalmente… Principalmente depois de ver todos os amigos dele esquartejados na cidade. Não são muitas as obras que exploram esse lado.

        Continuem com o trabalho inclivel, o podcast tem uma excelente qualidade.

        Agora tenho que escutar os episódios mais antigos ^^

        • Sobre Youjo Senki, temos aquela cena final da guria que teve o pai morto e quer vingança e aparentemente ela recebe uma “benção” daquela entidade que fica provocando/desafiando o protagonista, acho que teremos uma trama bem legal e que deve seguir nesse sentido (tudo especulação minha, não fui pra novel).
          Sobre RE:Zero, acho que a forma como o autor aborta o tema de viagem no tempo e coloca um protagonista “fraco” que tem o lado emocional destruído após reviver inúmeras vezes cenas tão horríveis, acaba por humanizar o personagem, tornado-o mais carismático. Eu não acompanho a novel de RE:Zero, porém espero que o autor desenvolva a trama principal, sobre a bruxa e tal, pois a obra precisa evoluir e os personagens também.
          Se você gosta do tema viagem no tempo, vá para Steins:Gate, veja a primeira temporada, as 3 OVA’s, o filme e depois pro Steins:Gate Zero que estaá saindo agora. É um dos meu animes favoritos, ta no top5 pra mim, fica a dica.
          Abraço!

  5. Excelente podcast, fiquei bastante feliz quando vi que tinha um podcast de anime e eobre esse lado japonês, mais feliz fiquei quando vi que o podcast tem uma qualidade muito boa… Parabéns pelo trabalho.

    Espero ver um dia um episódio no podcast de vocês sobre a série yakuza, a melhor série desse gênero.

  6. Saudações, Amigos!

    Excelente cast, depois volto pra fazer um comentário digno do bom trabalho que vocês estão fazendo!.. Só estou pra dizer que Imprimido é estranho, mas não é errado. Imprimido/Impresso é um verbo ABUNDANTE e as duas formas estão corretas. Forte abraço!

  7. Quantos animes foda, não sei por onde começar, pelo do Smartphone talvez, tem tudo para ser péssimo, o que me lembra o Zero no Tsukaima, um dos que mais gosto (embora me envergonhe). Uma dica é Isekai No Seikishi Monogatari (é muito bom para não assistir).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto:
Pular para a barra de ferramentas