Episódio #11 – Fullmetal Alchemist Brotherhood

Achou que o Gasha tinha acabado, achou errado otário, tá no ar mais um episódio do Gasha! Podcast, seu drops quinzenal (pelo menos tentamos) de animes e mangás. E nesse episódio falaremos da obra prima Fullmetal Alchemist.

Junte-se a Arthur, João, Roberto e Panda enquanto discorrem sobre essa história comovente sobre dois jovens que resolveram brincar de alquimia e acabaram se envolvendo em altas confusões.

Episódio #11 – Fullmetal Alchemist Brotherhood

 
 
00:00 /
 
1X
 

Achou que o Gasha tinha acabado, achou errado otário, tá no ar mais um episódio do Gasha! Podcast, seu drops quinzenal (pelo menos tentamos) de animes e mangás. E nesse episódio falaremos da obra prima Fullmetal Alchemist Brotherhood.

Junte-se a Arthur, João, Roberto e Panda enquanto discorrem sobre essa história comovente sobre dois jovens que resolveram brincar de alquimia e acabaram se envolvendo em altas confusões.

Sobre o anime Fullmetal Alchemist Brotherhood

Apenas para ajudar a contextualizar, este episódio se refere a segunda adaptação do mangá original de Hiromu Arakawa, mangaká japonesa, no episódio anterior falamos da adaptação em Live Action patrocinada pelo Netflix.

Músicas do Episódio

Hologram – Opening #2

Opening #3

Opening #5

Melissa

Informações Adicionais

Por João Carlos

Carioca, nerd, viciado em cultura pop. Sofreu bastante influência dos animes da saudosa Rede Manchete. Viciado em animes de porrada (A.K.A. Shounens).

2 respostas em “Episódio #11 – Fullmetal Alchemist Brotherhood”

Gostei tanto do anime de 2003 que não tive coragem de assistir o Brotherhood, sobre o final fiquei curioso, adorei o “primeiro final” e se o manga e o segundo supera… Não, não verei kkk

Devo dizer que gosto tanto do anime original, quanto do brotherhood. O brotherhood tem a melhor história, mas o clássico tinha um clima mais “dark” que eu gostava mais, além deles explicarem melhor como funcionavam os círculos de transmutação e a alquimia.
Depois de tantos memes com a Nina isso acabou me vacinando um pouco com a tristeza quando vejo essa parte novamente. Já quando se fala na morte do Hughes eu ainda fico bem triste, quase chorei escutando o cast quando falaram a parte do enterro ;-;

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.